sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Músicas dos dias que correm

Porque há jantares particularmente divertidos, interessantes e de aprendizagem permanente. Les beaux esprits se rencontrent.

2 comentários:

Anónimo disse...

glória à última utopia possível - a alegria.

um abraço ;-).

gi.

Anónimo disse...

não é nada uma utopia, gi - é uma atitude, é uma forma de olhar a vida. como dizia um tio meu que já morreu, por ocasião duma viagem minha ao Brasil, para ver os filhos dele: "....vc vai visitar o último país alegre do mundo". A alegria é possível e o Brasil é prova disso. Vá lá nas férias... pcp

Acerca de mim

Arquivo do blogue