terça-feira, 26 de março de 2013

Duas últimas


Interrompo hoje a sucessão de músicas portuguesas com que tenho fustigado os leitores/ ouvintes do “Duas Últimas” para trazer uma vez mais à colação o rock britânico (o PO que me desculpe, por me atrever num terreno que ele domina muito melhor do que eu…).

Fez ontem precisamente 40 anos que foi lançado “The dark side of the moon”, dos Pink Floyd, para mim sem dúvida um dos 5 melhores álbuns que o rock até hoje produziu. E os rankings aí estão para o comprovar. Lembro-me bem de estudar ao som das suas músicas nos tempos da faculdade e da emoção que foi quando finalmente tive hipótese de o comprar (outros tempos, em que as coisas eram mais valorizadas por serem mais difíceis de obter).

Foi o 6º álbum da banda, após a retirada prematura e inglória de Syd Barret, o mentor inicial do Grupo, por razões de insanidade mental. Outro magnifico álbum dos Pink Floyd, “Wish you were here”, de 1975, foi-lhe por isso dedicado, em sinal de gratidão pelo caminho que ele desbravou com coragem e inovação.

Infelizmente nunca os ouvi ao vivo, apesar de terem tocado em Portugal. Limitei-me a assistir em Lisboa a dois espectáculos que lhes foram tributados, o último (Brit Floyd) bastante bom. Quanto ao tema que escolhi, “Us and them”, são quase oito minutos de puro deleite, com uma instrumentação a roçar a perfeição.   

fq


3 comentários:

ACC disse...

bom dia fq
esta é para mim "a" obra prima do século XX. Álbum de referência, continua a animar o meu leitor de cds com uma regularidade militante (como diria o dono deste estabelecimento)
BELÍIIIIIISSSSIMA escolha

LA disse...

Que delicia, The Wall fez-me muita companhia mas agora tenho um franquinho pelo Dark Side of the Moon, incluindo a precisao astronomica sussurrada no fim de Eclipse

Anónimo disse...

Eu devo ser uma aberração, fq, mas odeio visceralmente os Pink Floyd! Nada contra si, simplesmente contra os Pink Floyd. Não sei porquê, sempre assim foi. O PO acha-me totalmente anormal, como pode imaginar.... boa Páscoa para si e para todos. pcp

Acerca de mim

Arquivo do blogue