sábado, 4 de julho de 2009

Outra Vez Eu?

O Adeus sem pressas, um rádio entre os escolhos de obras, o cheiro a tinta, um disco de palma que alguém gravou há dias. Jorge Palma. Sucumbo todas as vezes a esta música. Que boas letras para o seu piano, para as nossas vidas. Que genial, ser escritor-compositor. Até se podem escrever balelas. Não gosto de escrever balelas, embora haja umas bem boas. E já me cansa esta forma escrita que nunca passa da primeira pessoa. Eu, eu, eu, tanto eu. Logo o meu. O que hão-de pensar. E esta preguiça que predomina. Continua eivado dela, militante. Não tem emenda. Quando há que pensar pasma no escuro, sem um esforço para derrubar o muro. É que é escusado. Fia-se que cai do céu. Teima e não quer falar dos outros. Pergunta quem é para tecer a cousa alheia. Diz que ninguém. E das cousas, poucas lhe interessam. Foi almoçar aqui há dias com uma gente que era agradável juntar. Sabem o que disse? Que merda é esta? Literalmente. Estás-te a passar? Trazes-me aqui sem fim específico ou assunto que se aprofunde, sem uma léria que se apresente ao mundo. Tudo a falar ao mesmo tempo, em prosa ó calha, numa corrida. Vimo-nos. Ah, viram-se. Tem sim senhor, a sua graça. Vá lá! Desta respeita, sem a preguiça à espreita. Deve entender de imediato que entre balelas ainda há a carne e o osso. Mas isto vai ter que acabar. Quem? A preguiça? Não. Esta escrita sempre na tua pessoa.

DaLheGas

5 comentários:

maf disse...

DaLhe, hoje deu-te para embirrar com o teu eu ? Não o trates asperamente, please. Os nossos eus também têm direito a errar, também têm os seus dias, os seus deslizes, as suas cousas de que gostamos menos. O teu eu está patente na tua prosa e a tua prosa está patente no teu eu, diluem-se, fundem-se num passo de magia. DaLheEu DaLheProsa DaLheUmBeijo

Ana LA disse...

Há eus muito interessantes que nos devem ser dados a conhecer. Viva o seu eu.
Bjo

DaLheGas disse...

Eu te beijo Maf. Muito. E a si Eu também LA :)

Micas disse...

Minha querida, estaremos eternamente presos ao nosso duplo e, as conversas intímas que com "Ele" travamos, para além de optimas são bastante úteis...
Gosto de espelhos e gosto ainda mais de ti ;)

DaLheGas disse...

Obrigada Micas pela visita calorosa! 20 anos depois traz-me-te lol, o facebook, lol A vida tem graça. Se gostas de ler, aqui apanhas belos textos toda a santa semana :) Beijo saudoso

Acerca de mim

Arquivo do blogue