sexta-feira, 27 de novembro de 2009

those thin lines between light and shadows

escrever palavras sem fundo,
loucas como o mundo,
feitas de um sonho imenso,
ardendo agora como incenso.
(espécie de verbo afirmativo,
negado em definitivo?)

aqui
jazem
todas
as flores
e outros perpétuos amores.

stop. restart.

aqui
nascem
novos
amores
e outras pungentes flores.

inscrever palavras no mundo,
sedentas lá no fundo.
vida e luz e fermento,
assim por extenso.
(espécie de verbo negativo,
esconjurado em definitivo?.)

oh..
those thin lines between light and shadows.

gi.

1 comentário:

DaLheGas disse...

Olha, o inglês assim no remate, só a fechar... boa. Giras estas thin (red) lines de ontem.
beijas

Acerca de mim

Arquivo do blogue