sábado, 14 de abril de 2012

Pensamentos impensados


Nau Catrineta
Portugal já teve uma bela marinha mercante; hoje, a nossa marinha não é marcante.
 
Rimas sem fim
O trabalho é filho da labuta
O esperto é filho da astuta
O maestro é filho da batuta
A salada é filha da fruta
A espeleologia é filha da gruta
O anão é filho da diminuta
A nódoa negra é filha da luta
A "secreta" é filha da escuta
 
Sim e não
Manuel Alegre escreveu há sempre alguém que diz não.
Por que razão Elizabeth Taylor, Henrique VIII e Charlie Chaplin casaram tantas vezes? Porque há sempre alguém que diz sim.
 
Almirantes
O toiro bravo, no campo, é um animal doméstico; já na praça torna-se uma verdadeira fera (quando não é manso). A única explicação para a mudança de atitude é terem ouvido o Almirante Pinheiro de Azevedo quando disse não gosto de ser sequestrado, é uma coisa que me chateia, pá.
 
Pitonisa de Boliqueime
Não percebo a pachorra que têm os jornalistas quando fazem perguntas ao Dr. Cavaco Silva, sabendo que 95% das respostas são o Presidente não comenta ou o Presidente não se pronuncia.
Deixo aqui algumas sugestões de perguntas a fazer à "Esfinge":
Acredita no Pai Natal?
Tem licença da caça aos gambusinos?
O Pinóquio consegue meter o dedo no nariz quando este lhe cresce?
Que dia é hoje? (Arriscam-se a que o Dr. Cavaco diga:O Presidente não comenta o
Calendário Gregoriano).

SdB (I)
 

1 comentário:

Anónimo disse...

Fico sempre absolutamente espantada/maravilhada com a sua capacidade, aparentemente inesgotável, de criar pensamentos absurdos e observações improváveis out of the blue. Very well done, SdB(I). pcp

Acerca de mim

Arquivo do blogue