domingo, 14 de junho de 2015

XI Domingo do Tempo Comum

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São Marcos (Mc 4, 26-34)

Naquele tempo, disse Jesus à multidão: «O reino de Deus é como um homem que lançou a semente à terra. Dorme e levanta-se, noite e dia, enquanto a semente germina e cresce, sem ele saber como. A terra produz por si, primeiro a planta, depois a espiga, por fim o trigo maduro na espiga. E quando o trigo o permite, logo se mete a foice, porque já chegou o tempo da colheita». Jesus dizia ainda: «A que havemos de comparar o reino de Deus? Em que parábola o havemos de apresentar? É como um grão de mostarda, que, ao ser semeado na terra, é a menor de todas as sementes que há sobre a terra; mas, depois de semeado, começa a crescer e torna-se a maior de todas as plantas da horta, estendendo de tal forma os seus ramos que as aves do céu podem abrigar-se à sua sombra». Jesus pregava-lhes a palavra de Deus com muitas parábolas como estas, conforme eram capazes de entender. E não lhes falava senão em parábolas; mas, em particular, tudo explicava aos seus discípulos.

***

A contemporaneidade de Jesus

Passaram-se quase 2000 anos sobre este diálogo e continuamos a sentir Jesu Cristo como uma realidade viva diante de cada um de nós. No convite que nos faz a participar na eucaristia, por exemplo, neste domingo e sempre! É uma figura realíssima que, hoje, continua a viver e a conviver no meio de nós e a proporcionar-nos a vida divina.
A nossa presença na Eucaristia Dominical e a nossa presença junto de Deus e de Cristo, em cada dia da nossa vida, é fazer nossa esta afirmação de Pedro: “para onde é que havemos de ir, Senhor Jesus? Só Tu tens palavras de vida eterna. Nós sabemos que Tu és o Santo de Deus”. Aqui, a vida cristã resume-se à confissão do mesmo Jesus Cristo como Vida: a Vida que nos é oferecida pelo Pai e para a qual o Pai nos atrai, pela ação do seu Espírito que nos ilumina, para nos comprometermos depois de andar com Cristo, ou seja, a viver a partir d’Ele e à sua maneira para a salvação do mundo.


D. Manuel Clemente (2014), O Evangelho e a Vida. Conversas na rádio no Dia do Senhor. Ano B. Cascais: Lucerna, 248-249.

Sem comentários:

Acerca de mim

Arquivo do blogue