domingo, 14 de agosto de 2011

Domingo ....... Se Fores à Missa!


Às vezes pasmo com os Evangelhos que leio! Este é um deles .... leiam-no (é curto) e digam-me lá se “é da minha vista” ou se este evangelho não vos parece muito pouco cristão!  Então Cristo, quando veio, não veio para salvar todos? O sol, quando nasce, não nasce para todos ? Na leitura, Jesus diz claramente que só veio para salvar os filhos de Israel, a descendência de Abraão e vai mais longe: chama “filhos” aos  descendentes de Abraão e “cachorros” aos outros. Confesso que fiquei indignada.  Ensinamos aos nossos filhos que todos devem ser iguais, todos são filhos de Deus, que devemos lutar pela justiça e pela igualdade de direitos, credos e oportunidades, que o bem deve prevalecer sobre o mal, que Cristo é amor, amor incondicional por cada um de nós indiscriminadamente, etc.. etc... e de repente surge esta leitura para nos trocar as voltas? Não sei, não entendo.  Vou estar com muita atenção na homilia de hoje para tentar ver alguma luz nesta leitura tão cinzenta.

A única explicação plausível seria a de fazer sobressair a fé daquela mulher que continua a insistir e a acreditar no poder de Cristo, mesmo depois de ele recusar a ajuda. Dela, podemos tirar a mensagem de que quanto maior a nossa fé, maior será o nosso conforto nos momentos de aflição.

Domingo, Se Fores à Missa ...... Tem Fé !

MAF


Evangelho segundo S. Mateus 15,21-28.

Naqueles dias, Jesus partiu dali e retirou-se para os lados de Tiro e de Sídon. Então, uma cananeia, que viera daquela região, começou a gritar: «Senhor, Filho de David, tem misericórdia de mim! Minha filha está cruelmente atormentada por um demónio.» Mas Ele não lhe respondeu nem uma palavra.
Os discípulos aproximaram-se e pediram-lhe com insistência: «Despacha-a, porque ela persegue-nos com os seus gritos.»  Jesus replicou: «Não fui enviado senão às ovelhas perdidas da casa de Israel.»
Mas a mulher veio prostrar-se diante dele, dizendo: «Socorre-me, Senhor.» Ele respondeu-lhe: «Não é justo que se tome o pão dos filhos para o lançar aos cachorros.»  Retorquiu ela: «É verdade, Senhor, mas até os cachorros comem as migalhas que caem da mesa de seus donos.» Então, Jesus respondeu-lhe: «Ó mulher, grande é a tua fé! Faça-se como desejas.» E, a partir desse instante, a filha dela achou-se curada.

1 comentário:

Anónimo disse...

Não é fácil entender este Evangelho. Mas provavelmente a sua explicação está certíssima. Obrigada. pcp

Acerca de mim

Arquivo do blogue