terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Duas Últimas

Um dos exercícios preferidos na actualidade pela generalidade dos “media” é fustigar os alemães o mais que podem e sabem. Tenho é constatado que, se por um lado podem alguma coisa, já que a Alemanha é longe e Portugal mais ou menos uma democracia, por outro sabem pouco, e a asneira é livre.

Exemplificando, temos que os duros teutões são culpados de terem originado 2 guerras mundiais que lançaram o caos na Europa e apressaram a definitiva ascensão dos EUA a potência mundial, de terem recuperado de forma extraordinária após a 2ª delas com a ajuda, conveniente para todos os envolvidos, de apoios financeiros dos vencedores, não tendo usado de medida idêntica na hora actual de penúria de outros (situações a meu ver não comparáveis!), ou de quererem esmagar o sul incumpridor e solarengo com uma austeridade sem fim à vista.

Como se adivinha, situações de gravidade muito diferente, mas que servem para baralhar e confundir o pessoal menos avisado ou mais útil, ao bom estilo leninista….

Quanto aos alemães, pressinto que por lá continuarão na vidinha deles, que passa por trabalhar bem, produzir melhor e marcar mais golos do que os parceiros. E, se não se importam e não for pedir muito, exigir em coro com outros que quem incumpre mude ou os maus hábitos ou as regras vigentes, se for capaz. Ou então…de parceiros. E porque no sul nem tudo é de descartar, continuam a surpreender-se com as coisas de qualidade que por cá se vão fazendo. Porque também as há, e felizmente bastantes.

Como o vídeo junto comprova.

Espero que concordem.


fq

1 comentário:

JdB disse...

Não sei se, mais do que a exibição dos dotes musicais da Carminho, este video não é a exibição do virtuosismo instrumental dos acompanhantes. Penso até que são eles que empolgam essa massa vibrante de alemãs (?) de Rudolstadt. Fora isso muito bom, ao nível do que nos ofereces com uma frequência que fica aquém do desejado.

Acerca de mim

Arquivo do blogue