terça-feira, 10 de maio de 2016

As escolhas do gi.

# 23 Roots Manuva, Don't Breath Out

Hip hop? Soul electrónica? New age pop com rap por cima? Ou simplesmente uma malha do caraças? Eis como se pega num sample clássico, dos anos setenta, se constrói um manto melódico infalível e, por cima, se canta(?) como bem se entende. O resultado? Ei-lo.



***

# 24 Julia Holter, Feel You

A senhorita Holter continua a desenvolver uma obra feita "ao lado". Ao lado da música pop, ao lado de alguma música clássica contemporânea, ao lado de algumas deambulações electrónicas suaves. Ao lado de tudo ou num local de intersecção, de "cross over", gizando pérolas tipologicamente indefiníveis.. mas isso que importa? "Feel You" é apenas um exemplo, retirado do mais recente disco, das capacidades desta moderna alquimista, desta, de certa forma, escultora de sons.

Sem comentários:

Acerca de mim

Arquivo do blogue