domingo, 29 de janeiro de 2012

Domingo se fores à missa...


Hoje perdi um amigo

Um grito de dor
Revolta em surdina
Vais-te, amor
Em manhã de neblina

Busco, em vão, nesse universo imenso
A razão deste (des)encontro belo e intenso.

Caminhos que cruzaram, caminhos que apartaram
Para sempre indelével o olhar que trocaram.

Hoje perdi um amigo.


Evangelho segundo S. Marcos 1,21-28. 

Jesus chegou a Cafarnaúm e quando no sábado seguinte entrou na sinagoga começou a ensinar.
E maravilhavam-se com o seu ensinamento, pois os ensinava como quem tem autoridade e não como os doutores da Lei.
Na sinagoga, no meio deles, encontrava-se um homem com um espírito maligno, que começou a gritar:
«Que tens a ver connosco, Jesus de Nazaré? Vieste para nos arruinar? Sei quem Tu és: o Santo de Deus.»
Jesus repreendeu-o, dizendo: «Cala-te e sai desse homem.»
Então, o espírito maligno, depois de o sacudir com força, saiu dele dando um grande grito.
Tão assombrados ficaram que perguntavam uns aos outros: «Que é isto? Eis um novo ensinamento, e feito com tal autoridade que até manda aos espíritos malignos e eles obedecem-lhe!»
E a sua fama logo se espalhou por toda a parte, em toda a região da Galileia.

Sem comentários:

Acerca de mim

Arquivo do blogue