quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

Colar de pérolas (3)



O amor - ria-se sempre da palavra. Quando era criança, alguém lhe falara de coelhos cor-de-rosa e, desde então, que essa imagem lhe ficara gravada por dentro da pele. Tantos outros coleccionavam relógios; ele coleccionava desenhos de coelhos, minuciosamente recortados, a partir de livros infantis embaraçosamente comprados em livrarias de aeroporto. Coelhos cor-de-rosa - destas palavras nunca se ria.

Gi.

Sem comentários:

Acerca de mim

Arquivo do blogue