segunda-feira, 7 de maio de 2012

Especial eleições


Já aqui manifestei a minha repulsa pelo sufrágio universal.
Ontem, mais uma vez, se assistiu ao espectáculo ridículo de dois candidatos a presidente a república no acto de votar. Estariam a votar em quem? No Tio Patinhas? Nos 3 mosqueteiros? Na abelha Maia? Felizmente ninguém perguntou em quem tinham votado, pelo que não se ouviu o que já ouvi a Cavaco Silva: o voto é secreto (secretos bons são os de porco).
As Monarquias podem ter muitos defeitos, mas os Reis não votam.

SdB (I)

4 comentários:

Anónimo disse...

Tem toda a razão!!
fq

AnaCC disse...

Já somos dois!
Quando me afirmo anti essas coisas, olham para mim com desconfiança e alguma comiseração. Agora vejam onde chegámos á custo do voto dos desadequados.

gi disse...

Com o devido respeito, que é muito, estou em total desacordo. Não se podem aferir méritos e deméritos de "sistemas políticos", "formas de governação" e afins pegando num detalhe como aquele que é aqui salientado. Caso contrário, poderíamos sempre argumentar que basta atravessar a fronteira para nos depararmos com a decadência da monarquia vizinha.
Ora, bem sabemos que nem um nem outro argumento são fundamentação suficiente para uma defesa "séria" de um ou outro sistema.
Cumprimentos amigáveis, mas republicanos.

gi.

Afonso Henriques disse...

Não deixa de ser confrangedor assistir a um candidato a presidente da república dar uma resposta dessas.
Quanto à decadência das monarquia vizinha, como assinala gi, não será mais a decadência do actual chefe da casa real espanhola ? A monarquia é uma instituição suprapartidária que está presente nos países europeus com melhor qualidade de vida, com melhor qualidade democrática e com maior "indíce de felicidade" (whatever that means...)por habitante.
Por cá é a tristeza que se vê.
Cumprimentos,

Acerca de mim

Arquivo do blogue