quinta-feira, 17 de maio de 2012

pequena reflexão sobre a insensatez da sensatez




é vero que a poesia lixa-nos a cabeça e o coração,
diz-me junto ao ouvido uma querida amiga querida,
não de todo desprovida de uma considerável razão.
(mas falta-lhe responder: e fazemos o quê da vida?)


gi

1 comentário:

Ana CC disse...

Faça como a Joana. Deixe as letras e agarre-se ás teclas deste maravilhoso piano. A bem dizer, lixa apenas a cabeça dos dedos e encanta-nos na mesma.

Esta "coisa" está mais florida.
Volte sempre.

Acerca de mim

Arquivo do blogue