quarta-feira, 29 de julho de 2015

Saudades de um tempo que não se viveu...

Praia de Vale de Lobo, ontem pelas 21.00h (tirada por mim, em fato de banho, com um iPhone...)
Aproximou-se de nós para vender bolas de Berlim com e sem creme. Deveria ter a minha idade, pois falou de uma filha com 23 anos, por aí, e de outro ainda a estudar. Pelo facto de termos pedido uma bola extra quis oferecê-la. Recusámos, dizendo: era só o que mais faltava! Este é o seu trabalho... Já agora, o que faz durante o inverno? 

Contou-nos a sua história. Que era de Serpa (o sotaque alentejano era óbvio) que tinha um negócio de construção civil que tinha corrido mal. Disse mal - muito mal - do Sócrates. Que esta maltosa só quer governar-se, não quer governar ninguém... E falou do Salazar que, mais do que bom homem e honesto, era um santo, que tinha morrido dono apenas de um chão de terra (expressão sua) e que tinha um Volkswagen. Conhece alguém que tenha um carro pior do que o do Salazar? perguntou-nos.

Já de pé ainda disse: há para aí uma excursões para ver a terra do Salazar. Estou e pensar inscrever-me numa....

JdB

Sem comentários:

Acerca de mim

Arquivo do blogue